Exposições

Exposições

O Ateliê Alê investe em abrir canais para que a expressão criativa se manifeste, atingindo mais e mais pessoas.

SER PÁSSARO SEM PODER VOAR

“Firme, imóvel, exposta aos fenômenos atmosféricos a ponto de se confundir com eles. Suspensa no ar sem nenhum esforço, sem precisar contrair um só músculo. Ser pássaro, sem poder voar. (…)

CO YBY ORÉ RETAMA – Essa Terra é o Nosso Lugar
- by zweiarts

Andrey Guaianá Zignnatto é herdeiro de avós indígenas das aldeias de Inhampuambaçu que foram silenciados pela cidade colonial de São Paulo …

Isolamento
- by zweiarts

A exposição ISOLAMENTO busca pensar as limitações impostas sobre o indivíduo em nome do bem comum, em nome de uma autoridade superior, em nome do exercício da consciência.

Memento Mori
- by zweiarts

Com muita satisfação, anunciamos a inauguração da nova sede do Ateliê Alê e abertura da mostra Memento Mori no próximo sábado 24/04 na rua Califórnia 706, Brooklin-SP.

Exposição Tombamento | Alexandra Ungern
- by zweiarts

“Tombamento” é uma série de trabalhos que se desenvolveu a partir da experiência na W. Residência artística em Ribeirão Preto, sob orientação do artista Elcio Miazaki.

Contingências da memória
- by zweiarts

A memória é o que dá corpo a história. Seja a grande narrativa dos povos humanos através do globo ou sejam as pequenas narrativas diárias criadas pela experiência de se viver…

BAZARTE 2019
- by zweiarts

O Ateliê Alê em parceria com a Casa Contemporânea, e a Galeria Imaginario (Argentina), convidam para a abertura da exposição anual Bazarte.

E o resto do mundo? Ou ouvir outras vozes
- by zweiarts

O resto do mundo está contido no corpo construído por estas obras, ou seriam as obras que estão contidas em nossas lutas e bravatas cotidianas?

Ann Tarantino | Landscape languages
- by zweiarts

Ann vive e trabalha nos Estados Unidos (Pensilvânia) onde atua como professora assistente de artes visuais e diretora da Galeria Woskob da Universidade Penn State.

BazArte de 100 à 1000
- by zweiarts

O Ateliê Alê em parceria com a Casa Contemporânea e a Galeria Tato convidam para a abertura do Bazarte 100 à 1000. São mais de 45 artistas que apresentam obras em pequeno formato no valor entre R$100,00 e R$ 1000,00.

Como se constrói o tempo
- by zweiarts

Mais do que um dado, o tempo é uma percepção. Uma dedução lógica dentro de ciclos notáveis do universo natural.

Estado de exceção
- by zweiarts

Os trabalhos que Fábio Leão apresenta na exposição “Estado de Exceção” mostram uma surpreendente guinada política na sua pesquisa.

Quando Menos
- by zweiarts

Ateliê Alê apresenta a exposição “Quando menos” do coletivo de sete fotógrafos que exploram o tema do retrato e desafiam-se a produzir imagens com mínimos elementos nas suas composições…

Travessias Assimétricas: escrita e movimento
- by zweiarts

Como atravessar juntos as assimetrias de uma viagem cujo percurso é incerto?

QG Anônimos
- by zweiarts

O novo projeto do LAB570, QG: Anônimos, foca em uma exposição experimental, direcionada para o desdobramento de trabalhos artísticos ainda em processo…

[Dis]tropicos
- by zweiarts

Em mídias distintas, as obras investigam os desafios e as potencialidades do espaço urbano que nos acolhe.

Tiago Marchitiello
- by zweiarts

Durante a minha residência, tive a oportunidade de compartilhar ideias, e é impressionante como as ideias se organizam quando as discutimos em voz alta.

O discurso do método
- by zweiarts

A exposição é fruto das discussões do grupo de acompanhamento de projetos do ateliê, com o crítico e curador Paulo Gallina.

Dar a Ver pelo encontro
- by zweiarts

Linda Nochlin, perpassa esses questionamentos em Por que não houve grandes mulheres artistas?, artigo escrito em 1971 e só traduzido para o português neste ano.

Geração Processual
- by zweiarts

Em “Geração Processual” Fernando Pereira Gomes apresenta a partir do dia 07 de Julho no Ateliê Alê, uma série de imagens tiradas na cidade digital de Los Santos no videogame “Grand Theft Auto V.”

BE HERE NOW
- by zweiarts

Poses improváveis, gestos cômicos e olhares vesgos e curiosos, por vezes irônicos revelam quase uma falsa ingenuidade destes personagens.

Isto não é o paraiso
- by zweiarts

Poses improváveis, gestos cômicos e olhares vesgos e curiosos, por vezes irônicos revelam quase uma falsa ingenuidade destes personagens.

O saber da linha
- by zweiarts

Uma linha pode ser muitas coisas. Para a matemática, ela será um conjunto infinito de pontos; para a geometria, o perímetro de uma curva de raio infinito; em um texto pode ser a formalização do argumento; enquanto para o desenho esse elemento de representação seria a estrutura das formas.

Sobre o que existe ao redor
- by zweiarts

A tecnologia em constante desenvolvimento exerce uma certa fascinação sobre as pessoas, como se a existência das coisas dependesse de um “click” ou de um “touch” sobre telas de celulares, tablets ou notebooks.

aproximações, distanciamentos
- by zweiarts

A existência de aproximações entre caminhos artísticos sempre foi assunto recorrente.